Skip to content

Certificação a favor da biodiversidade

agosto 14, 2009

Desenvolvida por diversas instituições socioambientais do país e com o apoio da ONU e do governo brasileiro, a Certificação LIFE – lançada no dia 17 – reconhecerá as empresas que realizam ações para conservar a biodiversidade e pretende servir de referência mundial na construção de um novo padrão de gestão empresarial

A ideia de que os conceitos de economia e meio ambiente não são opostos e podem conviver harmonicamente em um mesmo negócio está sendo assimilada, cada vez mais, por empresas de todo o mundo, que desenvolvem atividades destinadas à conservação da biodiversidade.

No Brasil, o Instituto LIFE – uma entidade do terceiro setor que visa contribuir para a construção de um novo padrão de gestão empresarial – criou a Certificação LIFE, com o apoio da CDB – Convenção sobre Diversidade Biológica, da ONU, e do MMA – Ministério do Meio Ambiente, para reconhecer, medir e qualificar as ações “pró-biodiversidade” dessas empresas.

O objetivo da iniciativa, que foi anunciada na última sexta-feira, 17 de julho, em Curitiba, é proporcionar reconhecimento público aos empreendimentos que estão engajados em ações ambientais e, desta maneira, incentivar outras empresas a aderirem à prática.

“Aos poucos, será possível perceber os benefícios da relação entre negócios e biodiversidade, que se traduzem em ganhos na área de responsabilidade corporativa, competitividade e diferenciação de mercado de fato. A partir daí, outras empresas terão interesse em adotar a prática e a corrente estará formada”, explica o presidente do Conselho Diretor do Instituto LIFE, Clóvis Borges.

A primeira etapa da certificação consiste em avaliar, por meio de uma metodologia desenvolvida por especialistas, empresas brasileiras de qualquer setor que estejam interessadas em se certificar. A longo prazo, no entanto, o Instituto LIFE pretende expandir a iniciativa para outros países e, desta forma, torna-se referência mundial para um novo modelo de gestão dos negócios, em que o setor privado terá uma importância fundamental para a manutenção e preservação das áreas naturais.

A certificação é uma resposta à Conferência de 2008 da CDB, que reuniu mais de 180 países e apontou que o melhor caminho contra a perda de biodiversidade mundial é estimular o setor empresarial a participar da agenda de conservação ambiental, entre outras formas, por meio de certificações.

A ideia de que os conceitos de economia e meio ambiente não são opostos e podem conviver harmonicamente em um mesmo negócio está sendo assimilada, cada vez mais, por empresas de todo o mundo, que desenvolvem atividades destinadas à conservação da biodiversidade.

No Brasil, o Instituto LIFE – uma entidade do terceiro setor que visa contribuir para a construção de um novo padrão de gestão empresarial – criou a Certificação LIFE, com o apoio da CDB – Convenção sobre Diversidade Biológica, da ONU, e do MMA – Ministério do Meio Ambiente, para reconhecer, medir e qualificar as ações “pró-biodiversidade” dessas empresas.

O objetivo da iniciativa, que foi anunciada na última sexta-feira, 17 de julho, em Curitiba, é proporcionar reconhecimento público aos empreendimentos que estão engajados em ações ambientais e, desta maneira, incentivar outras empresas a aderirem à prática.

“Aos poucos, será possível perceber os benefícios da relação entre negócios e biodiversidade, que se traduzem em ganhos na área de responsabilidade corporativa, competitividade e diferenciação de mercado de fato. A partir daí, outras empresas terão interesse em adotar a prática e a corrente estará formada”, explica o presidente do Conselho Diretor do Instituto LIFE, Clóvis Borges.

A primeira etapa da certificação consiste em avaliar, por meio de uma metodologia desenvolvida por especialistas, empresas brasileiras de qualquer setor que estejam interessadas em se certificar. A longo prazo, no entanto, o Instituto LIFE pretende expandir a iniciativa para outros países e, desta forma, torna-se referência mundial para um novo modelo de gestão dos negócios, em que o setor privado terá uma importância fundamental para a manutenção e preservação das áreas naturais.

A certificação é uma resposta à Conferência de 2008 da CDB, que reuniu mais de 180 países e apontou que o melhor caminho contra a perda de biodiversidade mundial é estimular o setor empresarial a participar da agenda de conservação ambiental, entre outras formas, por meio de certificações.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: